sábado, 6 de julho de 2013

Santiago lançou o seu novo livro

 Não sei se o cartunista Neltair Abreu, o Santiago, é fã do lendário Will Eisner. Mas aquilo que o criador do Spirit fez em Ao Coração da Tempestade, sua autobiografia em quadrinhos, Santiago o faz também brilhantemente em Causos do Santiago. Claro que no trabalho de Eisner imperam os traços realistas e um tom dramático, que combina com a história, com muito drama e superação, mostrando os horrores da II Guerra e outras transformações sociais.

Já em seu novo livro, Santiago recorda o passado com altíssimas doses de humor, ironia, crítica e saudosismo. E seu traço é no seu estilo cartunesco e de linhas rápidas e elegantes. 

Causos do Santiago foi lançado na manhã deste sábado na Estação do Conhecimento (outrora Estação de Trem) em Santiago, cidade-natal do cartunista Neltair Rebés Abreu, da qual ele tomou o nome emprestado. Em troca, o Santiago artista deu à Santiago, a cidade, reconhecimento nacional e internacional. Fez trabalhos para grandes jornais, revistas, publicou livros em diversas grandes editoras e foi vencedor de prêmios no Canadá, na Bulgária, no Japão e em outros rincões.

Como o bom filho à casa torna, volta e meia, o Neltair toma o rumo da BR-287 para chegar à sua Santiago, para rever seus familiares, amigos e relembrar as histórias. E boa parte delas, está representada em seu novo livro, onde retratou causos de personagens folclóricos com quem conviveu, conheceu ou ouviu falar, além de retratar momentos históricos para a cidade, muitos dos quais, acompanhou. O livro deste desenhista-escritor não se prendem a um espaço-tempo determinado, pois ele trata de muitos temas universais. E a graça contidas neles.

E se Causos de Santiago me fez enxergar familiares com Ao Coração da Tempestade, não é só pelo fato de também ser um livro de memórias, autobiográfico. Mas porque ambos são trabalhos de gênios.
Neltair Rebés Abreu, o cartunista Santiago.

Um comentário:

Anônimo disse...

Marcio, me alegra a tua simpatia pelo album. Eh claro q sou fanzerrimo do Will Eisner, mas eh uma vergonha dizer q nao li Ao Coracao da Tempestade. Tenho q ler!
Abrs Santiago Neltair