quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

E então, a culpa é quem?


Nas histórias policiais, dizem que os culpados sempre retornam ao local do crime, não é mesmo? Pois bem. Penso eu que, sim, os empresários donos da boate Kiss tem a sua parcela de culpa, assim como o pessoal da banda. E é natural que sejam apresentados midiaticamente como culpados. Eles tem uma face.
Mas, e a culpa do município e do Estado? Ambos, pela falta de fiscalização, o que permitiu as tantas irregularidades. Tanto é que agora em todo o Estado, nos mais diversos municípios está essa "caça às bruxas", de eventos sendo cancelados, de clubes e bares sendo fiscalizados às pressas. Sinal de que existia a política do "arrego", do "compadrismo", do "deixa pra depois". Estivesse tudo certo na hora de liberar (alvarás, segurança etc), nada disso estaria acontecendo. Então, ao colocarem seus agentes a fiscalizar tudo até debaixo dos tapetes agora, é fazer aquilo que era de responsabilidade e não foi feito. As consequências deixam a culpa do poder público bem evidente. 

Nenhum comentário: