segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Um brinde ao Ruy


Concordo e louvo com as palavras de Ruy Gessinger, em seu blog, a respeito das comemorações exacerbadas. Enquanto pensava em escrever algo sobre, viajei pela blogosfera e exultei com suas palavras na postagem intitulada "Hoje vai ser dia medonho para doentes, passarinhos e cachorros", que reflete uma preocupação ambiental digna de grandes pensadores, capazes de observar a interferência absurda que nossas ações impõem aos outros habitantes da orbe terrestre. E pra que eu iria escrever algo sobre esse assunto, quando o Ruy já disse tudo, de forma sensível e sensata? Portanto, um brinde a todos que pensam dessa maneira.
Pedindo licença, reproduzo:

"Hoje é um dia em que os idiotas, que são minoria, mas espaçosos e ativos, vão infernizar a vida de meio mundo.
Esses boçais vão ter o prazer mais doentio que conheço, fora o estupro real, qual seja o de soltar foguetes.
As pessoas que convalescem nos hospitais ou em casa acordarão, de minuto em minuto, sobressaltadas por esses barulhos.
Pássaros ficarão desorientados, voando de seus ninhos para se perderem por aí, enquanto os filhotes esperarão por sua comida em vão.
Os pobres cuscos terão seus tímpanos rompidos e correrão em desvario pelas ruas e estradas.
Tudo pelos " festejos" dos " feitos à imagem de semellhança" Dele.
Festejar? isso é festejar?"

Nenhum comentário: