terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Lixo que poderia ser livro


O Tribunal Superior Eleitoral estima que o lixo eleitoral gerado em 2012 daria para publicar cerca de 20 milhões de livros escolares com até 50 páginas. Do total de R$ 2 bilhões que gastos com propaganda, R$ 800 milhões foram destinados a material impresso, como santinhos e publicações em jornais. Estima-se que todo esse material seja equivalente a umas 600 mil árvores e que pra produzir o papel tenham sido gastos em torno de 3 bilhões de litros de água.

Nenhum comentário: