quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Governo ajudará Tropa de Elite 2 a chegar ao Oscar


O indicado brasileiro ao Oscar, Tropa de Elite 2, vai jogar pesado para conquistar uma vaga entre os cinco filmes que vão disputar o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro. Para isso, a produção contará com o apoio do Ministério da Cultura, que vai liberar uma grana pesada em anúncios voltados aos sócios da Academia de Hollywood. Uma coisa é certa: o filme precisará ser vendido como uma "obra fechada" e não como uma continuação.

Na forma que for, o filme de José Padilha é uma obra muito bem construída, escrita, montada, é cinema de alto nível e reflete o bom momento do cinema nacional.

E, lembrando, os melhores divulgadores do filme serão mesmo o seu diretor, Padilha, e o astro do filme, Wagner Moura, ambos desenvolvendo projetos para o cinema estadunidense. Padilha vai criar a nova franquia de Robocop, enquanto que Moura vai estrelar o filme Elysium, ao lado de Matt Damon, Jodie Foster e Alice Braga.

Desta forma, Tropa 2 pode conquistar algumas indicações ao Oscar como roteiro, montagem, direção ou até atuação. Difícil? Pode ser. Mas talvez seja mais fácil entrar nessas categorias do que justamente na de Filme Estrangeiro. Acontece que a Academia sempre procura em seus indicados aquele perfil de...estrangeiro, exótico, diferente, o que não é o caso de Tropa 2.

Nenhum comentário: