quarta-feira, 9 de março de 2011

Luciana Genro desmente Veja e diz que vai processá-la


Em seu blog, a ex-deputada federal Luciana Genro se defende das acusações feitas na semana passada pela revista Veja, que publicou reportagem afirmando que ela teria montado um curso pré-vestibular que estaria sendo patrocinado por empresas ligadas ao governo do seu pai, Tarso Genro. Luciana disse que a Veja mentiu e que vai processar a publicação, que sequer teria lhe ouvido sobre a questão.

"A Secretaria de Educação não me concedeu nenhum privilégio como insinua a reportagem. A direção do Colégio Júlio de Castilhos, assim como outras escolas estaduais, proporciona a execução de diversos projetos nas suas dependências. O Emancipa é um deles e paga à escola R$ 600,00 por mês pelas duas salas. Quanto à afirmação de que “Luciana, que na política criticava o pai, na vida empresarial usa de seu prestígio para lucrar”, quem terá que se explicar é a Veja. E terá que fazê-lo no Justiça. Primeiro, porque não estou “lucrando” e nem sequer estou na “vida empresarial”.

"Não é por que deixei de ser deputada que vou abrir mão de realizar atividades socialmente relevantes, mesmo que de forma privada, mas que respondam a interesses coletivos. Quanto ao suposto uso do prestígio do meu pai, Tarso Genro, minha trajetória me autoriza a ter certeza que os parceiros do Emancipa avaliaram em primeiro lugar o meu próprio prestígio para decidir pela participação no projeto", afirmou Luciana Genro.

Nenhum comentário: