quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Tiririca votou SIM ao mínimo de R$ 600 (mas confessou que errou...)


Mesmo sendo do partido que pertence à base aliada da presidenta Dilma, o deputado federal Tiririca (PR) disse que votava pelo bem do povo por um salário mínimo de R$ 600. Só depois é que ele se deu conta que era para ter votado contra, conforme o partido tinha lhe orientado. Ele acabou pedindo desculpas porque entendeu errado, achando que a Dilma queria fixar em R$ 600 e que a oposição era contra.

Numa entrevista, o Tiririca disse que ainda não está entendendo muito bem qual é a função de um deputado federal e que está meio perdido. Ele disse que já assinou alguns papéis porque viu que outros colegas faziam o mesmo. Mas o bom é que ele não está só. Ao comentar sobre os deputados Romário, Popó e outros do Maranhão e Piauí, ele disse que eles também estão meio perdidos, iguais a ele.

Pelo menos ele é um palhaço sincero...

Nenhum comentário: