terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Casa do Poeta criará o Museu da Música

Na foto acima, integrantes da Casa do Poeta por ocasião do aniversário de 02 anos da entidade.

Em breve, Santiago ganhará um novo espaço cultural, dentro das dependências da Casa do Poeta de Santiago. Trata-se do Museu da Música, que apresentará um acervo com centenas de LPs do melhor da Música Popular Brasileira. Há discos raros de Cazuza, Gal Costa, Tetê Espíndola, Vitor Ramil, Bebeto Alves, Legião Urbana, Caetano Veloso, Tom Jobim e muito mais. O material foi doado pelo escritor Breno Serafini, que mora em Porto Alegre e há poucos meses lançou seu livro Mosaico Laico na Casa do Poeta de Santiago, fazendo questão de fazer isso em sua terra-natal. Ele também esteve participando do Fórum de Literatura, onde foi um dos palestrantes.

O Breno é um sujeito cheio de ideias e foi o principal articulador para a vinda do Santiago (Neltair Abreu) a nossa cidade, por ocasião da Feira do Livro, atendendo a solicitação feita pela Casa do Poeta. Além de um excelente poeta, ele é também admirador de Oracy Dornelles e lembra que tem um tio, o Hyran Camargo, que é um dos melhores amigos do Oracy. E, sendo assim, o Breno sugeriu que a Casa do Poeta crie uma linha de publicações que leve um selo homenageando o maior poeta de nossa cidade, que agora também faz parte da entidade.

Um comentário:

karla disse...

Bela foto, é realmente emocionante ver seu Oracy apoiando, muito querido, uma pessoa nobre que tem muito à ensinar, 2 anos de nossa Casa tão querida né Márcio, abç!!!