sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Em alta velocidade no asfalto da URI


Não dá para querer. Soube que agora de tarde havia quatro motociclistas disputam corridas de moto lá no asfalto que vai em direção a URI (universidade da minha cidade). Sabia que tinha uma galera que gostava de fazer isso aos finais de semana, quando não há movimento por lá. Agora, fazer isso em plena sexta-feira, à tarde, com movimento de alunos indo e vindo para fazer sua matrícula, é uma dose intragável de irresponsabilidade. Que nossos queridos motoqueiros queiram arrebentar os beiços no asfalto, não me importo. Agora, pôr em risto a segurança de outras pessoas é foda...

Um comentário:

Camila Jornada "Análise do ser" disse...

Márcio,
Já estou com os 11 livros. Deixo aonde? Abraços
Realmente, às vezes vou de bicicleta pra URI, mas ultimamente estou evitando em virtude de motos voadoras que não levantam apenas poeira e apenas barulho...