sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O dia que me pegaram para Cristo...

Em algum lugar no passado: essa foi lá no ano de 2003, na época em que eu ainda fazia teatro. Sob a direção de Renato Polga, eu interpretei Jesus Cristo no espetáculo "A Paixão de Cristo". Foi numa encenação em frente da Estação Férrea, de Santiago. Eu era "clinudo" naquela época e me tornei uma opção para que não usassem as pavorosas perucas. Posso não ter sido o melhor Cristo, mas olha só o gabarito dos "meus" apóstolos: entre eles o secretário de Planejamento Ademar Canterle e o ex-vereador Noé Machado.

Nenhum comentário: