quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Futuro secretário da Cultura do RS envia mensagem ao blog


O escritor Assis Brasil, futuro secretário de Cultura do governo Tarso Genro, leu a postagem que falei sobre ele (clique aqui para ler). E fiquei feliz que ele deu um feedback (palavra que o Davi Vernier gosta de dizer...).

O secretário comentou sobre o acervo Caio Abreu e até respondeu uma pergunta do amigo Weimar Donini sobre sua ligação com Santiago, que de fato existe. E não é que eu posso até ser parente do homem e não sabia?

Eis a mensagem do grande Assis Brasil

Meu caro Márcio
Fico muito grato por tuas palavras tão incentivadoras. Tentarei merecê-las. Quanto ao caso do acervo do Caio, ele está vindo para a PUC, por desejo da família. Quando estiverem de fato na PUC, poderemos falar com a família e ver como encaminhar o assunto. Quanto ao Dr. Ney, de fato: era irmão do meu pai, Amilcar.

Mas há outra coisa: Amilcar viveu em Santiago quando recém-casado com minha mãe, isso em 1937-38. Era técnico agrícola, e sempre me falavam em Santiago como seu paraíso perdido. Dizia ele que em Santiago vivera os melhores anos de sua vida. Aí foi amigo do médico e escritor Aureliano de Figueiredo Pinto.

Mundo pequeno.

Baita abraço do Assis Brasil

Nenhum comentário: