terça-feira, 19 de outubro de 2010

Há quatro anos: uma feira só de artistas

Shopping Ilha Bella recebeu centenas de pessoas nos três dias da feira, que aconteceu em 2007...

Em 2007: André Canterle, um dos participantes.

Em 2007: Lúcio Cadó lançou seu CD.

Em 2007: univesidades locais, como a Ulbra, participaram.

Adriana Madrid e suas alunas foram expositoras...

Em 2007: Cia de Ballet Corpus foi um dos destaques...

Em 2007: Poeta Froilam Oliveira recitando sonetos...

Em 2007: Dionatan Farias e Anderson Mireski.

Foi assim sem avisar muito, num repente, que no final de 2007 aconteceu a I Feira dos Artistas Santiaguenses. Tratava-se de um evento modesto em estrutura, mas ousado em essência, que pretendia apresentar num só espaço tudo e mais um pouco que a Terra dos Poetas produzia em termos de arte.

Teatro, dança, literatura, música, pintura, tatuagem, fotografia e várias outras formas de expressão reunidas numa verdadeira vitrine de talentos, que naquele momento encontrou no shopping Ilha Bella o local ideal. Na época, somei forças com um grupo de amigos (Lígia Rosso, Maiara Oliveira, César Braga), nos organizamos em tarefas e saímos a cumprí-las, convencendo as pessoas de nossa ideia.

O fator dificultante: não tínhamos um puto pila no bolso para fazer publicidade ou pagar por qualquer coisa e, para dificultar mais ainda, a nossa Feira dos Artistas não tinha fins lucrativos. Tudo devia ser feito na base do convencimento. De convencer os artistas a se apresentar, de convencer os meios de divulgação a propagar e de convencer o público a prestigiar.

A feira aconteceu em três dias e foi histórica para o shopping Ilha Bella, que nunca esteve tão movimentado. Revendo as fotos daquele evento (que teve a participação de dezenas de amigos e centenas de pessoas), me deixa com a sensação de que deveria ser retomado. Afinal, conseguimos provar de forma despretensiosa (mas talvez com toda a pretensão do mundo...) o quanto a cultura é capaz de unir as pessoas e o quanto pode ser feito em Santiago.

Nenhum comentário: