terça-feira, 8 de junho de 2010

Casa do Poeta agora é entidade de utilidade pública

Giovani Pasini e Júlia Trombini, colegas na Casa do Poeta: um escritor veterano e uma iniciante, unidos no mesmo objetivo de fazer cultura.

Mais uma vitória para a Casa do Poeta de Santiago. Na última sessão da Câmara de Vereadores, que aconteceu nesta segunda-feira, 07 de junho, foi aprovado por unanimidade um projeto de lei que concede o título de Utilidade Pública para a Casa. A iniciativa de propôr o projeto partiu do presidente do Legislativo Municipal, vereador Davi Vernier, que reconheceu o engajado trabalho da entidade santiaguense em prol da literatura, do incentivo aos novos talentos e ao hábito de ler, contribuindo com a consolidação da identidade cultural do município, que tem trabalhado o programa Cidade Educadora.

Com a aprovação deste projeto, a Casa do Poeta de Santiago poderá receber auxílio financeiro do poder púlico a fim de desenvolver suas ações em prol da cultura, além de obter isenções fiscais e tarifárias.

Cabe ressaltar que uma entidade, para conquistar tal título, precisa comprovar uma série de requisitos que demonstrem sua efetiva atuação, declaração que os diretores não são remunerados, balanços, estatutos, livros-ata etc.

Parabéns a todos os integrantes da Casa do Poeta de Santiago que, como as más-linguas (mordidas línguas) disseram por aí, "é uma casa que não tem casa e que não tem poeta".
Porém, a despeito dos despeitados, já conquistou uma coisa muito importante: a credibilidade.

2 comentários:

Vanderlei Machado disse...

Parabéns Marcio e a todos meus amigos, que através da CASA DOS POETAS organizam a cultura em santiago.
Abraço!!!

Giovani Pasini disse...

Parabéns para a Casa do Poeta de Santiago.

Ah!
Que bonito esse cara da foto...(rs)