segunda-feira, 31 de maio de 2010

Prestação de contas sob investigação...


Os fiscais da Ancine (Agência Nacional do Cinema) estão investigando novas denúncias contra as leis estadual e federal de incentivo à cultural. Os técnicos estiveram em Porto Alegre há poucos dias debruçados sobre os apontamentos feitos na prestação de contas do filme Concerto Campestre, que foi dirigido pelo cineasta Henrique de Freitas Lima. Segundo os fiscais, mais de 500 comprovantes de despesa estão sob suspeita. A produção recebeu quase R$ 4 milhões em dinheiro público e as irregularidades seguem sendo investigadas.

Não é a primeira vez que o cineasta (que é santiaguense) vê um trabalho seu ser "dissecado" por fiscais. O filme Lua de Outubro também foi analisado pelas mesmas razões. O diretor disse que ainda não foi notificado pelo Tribunal de Contas, mas que se forem comprovadas as irregularidades, ele irá ressarcir os cofres públicos. E, quer saber? Concerto Campestre é tão ruim quanto Lua de Outubro...

Nenhum comentário: