domingo, 11 de abril de 2010

Tendo a lua


Conto publicado no jornal Expresso Ilustrado em 2005

Desde pequeno, ele alimentava um sonho impossível: queria ser astronauta, pisar no mesmo solo que Neil Armstrong. Pular sem sentir o peso da gravidade, olhar para a Terra e, emocionado, repetir a mesma frase de Yuri Gagarin: "A Terra é azul", sentindo a máxima liberdade de se desgarrar pelo infinito. Projetava sua felicidade além dos limites do céu. Cresceu e não pensava mais na Lua, mas nos olhos de uma garota que conheceu e por quem se apaixonou. Logo, projetou a felicidade num casamento com aquela doce criatura, com quem sonhava em ter três filhos. Casou e trabalhava no emprego que um dia quis (já vislumbrava outro). Agora, enxergava a sua felicidade dirigindo um carro novo ou viajando para o Egito. Planejava sua vida sempre no amanhã, jamais no agora. Se considerava um visionário e, invariavelmente, conquistava o que almejava, desconhecendo que o preço de receber aquilo que se quer é receber o que um dia se quis.
******
Os três filhos vieram, o carro novo também. E, num belo dia, lá estava ele diante da Pirâmide de Keops, no Egito. Se pôs a olhar para a sua poderosa silhueta (que o tempo teme) e começou a contar estrelas, percebendo que o alinhamento das três Pirâmides, Keops, Quefren e Miquerinos, em relação ao Rio Nilo era igual ao das Três Marias, em relação a Via Láctea. "Assim na Terra como no céu", suspirou. Então, olhou para a Lua (ou a Lua olhou para ele?) e se deu conta que não havia realizado o seu sonho. Assim, sua vida passou até que a última palavra no Livro de sua Vida foi escrita. Ele abriu os olhos e estava na Lua. Olhou para o lado e lá estava a Terra. Azul, como disse Gagarin. Lembrou de sua esposa, dos filhos e chorou, mas as lágrimas não molhavam seu rosto, pois na ausência da gravidade flutuavam. "Por que choras, filho?", perguntou uma poderosa Voz. "Choro porque não encontrei a felicidade", desabafou. "É porque sempre estiveste olhando para o lado errado", sentenciou a Voz.

2 comentários:

Anônimo disse...

ロボトミー、より適切と呼ばれる白質切断術(以降ロボトミー)は、彼らが道を視床およびその他の前頭葉経路に関連する前頭葉に接続切断さ脳内手術任意の脳葉の接続を切断を指します。過去に統合失調症の深刻なケースで使用された。ロボトミー技術のパイオニア、ほとんどの精神外科の成功した

Ivânia Garcia Felipe disse...

Que lindo!