quinta-feira, 8 de abril de 2010

O meu erro...

Ah! Eu escrevi excessão em vez de exceção num post anterior. Valeu pelos amigos que me alertaram do erro. A sorte é que não sou cri-cri e nunca fui de apontar erros de digitação de ninguém. Talvez por isso, tenha sido "perdoado" e ninguém tenha me jogado pedras. Mas minha média de erros ainda está melhor que a do Paulo Coelho (que, por acaso, é meu primo). E, bem, ele é um imortal da Academia Brasileira de Letras. Eu só entraria lá para servir chá pros caras...

Nenhum comentário: