quinta-feira, 18 de março de 2010

A simples- e, por isso, impressionante- formatura da Unopar


Na sexta-feira passada, dia 12 de março, assisti a formatura de uma turma do curso de Letras da Unopar. Entre os formandos, os amigos Giovani Pasini e Maristane Pedroso, ambos integrantes da Casa do Poeta de Santiago. A cerimônia estava marcada para as 20h. Acostumado que estou em ver a sistemática das formaturas em Santiago pensei que, no mínimo, teríamos 1 hora de atraso. Que nada: às 20h, cravado no ponteiro, a mestre de cerimônias dava início ao evento, demonstrando respeito para com o público que lotou o auditório do Centro Empresarial. Mas não fiquei só impressionado com a pontualidade, mas com a objetividade dos discursos. Tanto o orador da turma, quanto os professores falaram de "forma concisa, completa e útil", como diria o seu Gibelino Minuzzi.

Ninguém discursou com pauta na mão. Todos falaram no improviso e com o coração, conferindo uma autenticidade que envolveu e emocionou o público (bem diferente das intermináveis formaturas da URI, com suas firulas e faróis). Por fim, a diretora da Unopar, professora Karin Stallbaum fez o discurso de encerramento, descartando a velha cartilha político-educacional do blá, blá, blá e bló, bló, bló: Karin foi objetiva e emocional. Tanto, que todos percebemos o instante em que sua voz embargou com a emoção legítima em contagiar-se do orgulho no olhar de cada formando e seus familiares diante de uma etapa vencida em suas vidas. Se o ensino oferecido pela Unopar for tão perfeito quanto foi essa formatura, vale muito a pena estudar quaisquer dos cursos oferecidos por esta conceituada universidade virtual.

Foto: Sullab Produções/Marcelo Legramante

Um comentário:

Giovani Pasini disse...

Obrigado pela postagem e pela foto.

Do lado de cá, como acadêmico que já participou do sistema presencial e do sistema da Unopar, tenho que afirmar que gostei (e aprendi) muito mais com a segunda forma de educação.

Realmente, o Leonel e a Karin, foram profissionais competentes, além de todos os educadores envolvidos que possuem amor pela educação.

Valeu a pena a graduação em letras.