terça-feira, 23 de março de 2010

5º Salão Gaúcho do Turismo

Santiaguenses no 5º Salão Gaúcho do Turismo, em Caxias do Sul

Uma visão parcial do Salão Gaúcho do Turismo
Fazendo pose de paz e amor no morro da Festa da Uva, tendo ao fundo o cenário urbano de Caxias do Sul.
Jéssica, Bianca e Lígia divulgando a Terra dos Poetas.

Só assim para eu atender o telefone...

Eu e as meninas, posando com as divulgadoras da Festa da Uva.
A gente fazendo pose numa cantina.

As meninas posando na cantina de produtos coloniais.

No sábado passado, junto das amigas Lígia, Jéssica e Bianca viajei para Caxias do Sul, onde participamos da 5ª edição do Salão Gaúcho do Turismo, a convite da secretaria de Indústria, Comércio e Turismo (em especial da simpaticíssima Mônica Vargas). Saímos daqui por volta de 1h e chegamos lá pelas 9h de sábado. Durante a viagem nos divertimos muito, contando histórias, rindo e relembrando causos. Ao chegarmos em Caxias do Sul, fomos direto para o Parque de Exposições da festa da Uva, um complexo gigantesco que, calculo, daria umas seis vezes (senão, mais) a área do Ginasião Municipal de Santiago, onde acontece a ExpoSantiago. Toda aquela estrutura aparenta ter custado alguns vários milhões de reais e é realmente impressionante. Não é a toa. Afinal, a Festa da Uva costuma atrair cerca de 1 milhão de pessoas durante as duas semanas em que movimenta a cidade.

Durante o Salão do Turismo, tivemos a oportunidade de conhecer os atrativos de cada uma das cidades e regiões turísticas de nosso Estado. Sei que eu recolhi uma sacola de fôlderes, mapas e roteiros de viagens para estudar cada recanto de nosso Estado e o que é oferecido.

Mas nossa missão por lá era ajudar a divulgar a Terra dos Poetas. E isso, fizemos de estande por estande, falando sobre Santiago e oferecendo uma amostra do que é produzido por aqui em termos de cultura, além de divulgar o projeto "Santiago do Boqueirão, seus Poetas quem são". As meninas e eu recitávamos e entregávamos poesias para as pessoas que, muito educadamente, se interessavam pelo assunto e queriam saber mais sobre nossa cidade. Também recitei pela enésima vez a crônica "A Raíz no Pampa", do Caio Fernando Abreu.

Por fim, nossa cidade e também o Caminho das Origens foram bem representados e o estande foi bastante visitado. O que fica como lição é que, em comparação a outras regiões, possuímos bons atrativos. Porém, claro, a distância dos grandes centros é o que nos desfavorece. A oportunidade de vender melhor o nosso peixe será no ano que vem, quando o Salão do Turismo acontecerá em Santa Maria. E, graças a boa impressão que tive deste evento, já me escalo para ir de novo em 2011.

Um comentário:

Lígia Rosso disse...

MUITO LEGAL ESSA POSTAGEM MÁRCIO!! GRANDE HONRA A NOSSA EM PODER PARTICIPAR DE UM EVENTO ASSIM, GRAÇAS A DEUS! BJS