sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

"Jesus Cristo era gay!"


Preparem as suscetibilidades mundo afora. O cantor britânico Elton John será crucificado pelos próximos dias, possivelmente semanas, talvez meses. É que ele deu uma entrevista para a revista americana Parede, onde disse que, para ele, Jesus Cristo era homossexual.

- Acho que Jesus tinha muita compaixão, era um homem gay superinteligente, que entendeu os problemas da humanidade. Jesus queria que nós amássemos e perdoássemos. Não sei o que faz as pessoas serem tão cruéis. Tente ser uma lésbica no Oriente Médio- é melhor estar morto.

Foi essa, textualmente, a frase de Elton John. Agora, você já sabe: católicos, evangélicos e homofóbicos do mundo inteiro vão se ofender com a opinião subjetiva do cantor e cair na cabeça dele, sabe-se, é assumidamente homossexual.

Todo mundo vai dizer que Jesus Cristo não era gay coisa nenhuma (apesar de que ninguém estava lá para saber se Cristo era ou não ou se realmente existiu. Eis o mistério da fé...). Vai ter gente quebrando CDs e queimando fotos do Elton John e não duvide que alguns outros escrevam um bilhete com o nome dele e costurem na boca dum sapo. É o tal mundo politicamente correto, onde não dá para ter uma opinião diferente do que o da unamidade. Veja o caso aí do cantor Nei Lisboa que ousou criticar a música gaúcha e sofreu uma enxurrada de críticas.

A todos os carcereiros do livre pensar, dedico a canção Another Brick In The Wall, do Pink Floyd. (Clipe abaixo)


Nenhum comentário: