sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Marcelo Diello: artista humilde mesmo


Há um ditado que sentencia: "O artista vai aonde o povo está". Mas em Santiago (minha cidade) não há quem siga isso mais ao pé da letra do que o cantor Marcelo Diello Moro. Aos finais de semana ele se apresenta nos palcos da região. Nos demais dias ele sai de porta em porta vendendo o seu disco. "Já vendi centenas de CDs assim. Não tenho vergonha de fazer isso, pois esse é o meu trabalho, meu ganha-pão. Tenho orgulho de vender meu CD", ele diz.

Marcelo já vendeu centenas de cópias de seu CD, "Nova Estação", no qual interpreta canções românticas escritas por ele. Há alguns meses, quando anunciou sua participação na Garagem do Faustão, obteve reconhecimento maior pelo seu trabalho, lembrando do carinho com que foi recebido em Jaguari, onde vendeu mais de 70 CDs em apenas num dia.

A carreira do músico iniciou aos 15 anos, quando aprendeu a tocar teclado e violão. De lá para cá, foi se aprimorando e hoje é também professor. Ajudou no coral da Terceira Idade e ensinou música para crianças. Marcelo também teve diversas profissões: deu aulas de biscuit, foi recepcionista de hotel e vendeu carros, entre outras atividades. Mas é na música que ele se sente completo. "Gosto muito de cantar. Seja para um público grande, para uma só pessoa ou para mim", ele diz.

O Marcelo já se apresentou em quase todos os bares de Santiago, sendo que há pouco foi a atração no Flashback. Também fez shows em São Luiz Gonzaga e no shopping Monet, em Santa Maria. Para contratá-lo, o número é 9922-2532.


Conheça o trabalho do cantor acessando: www.myspace.com/marcelodiellomoro

Nenhum comentário: