terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Batman vai morrer


Sou fã de histórias em quadrinhos. Aliás, foram as revistas do Batman, Super-Homem e Homem-Aranha as responsáveis por minha alfabetização (tá, confesso: também lia Walt Disney e Turma da Mônica). Logo que aprendi a ler no colégio, passei a devorar tudo o que me caia nas mãos. Meu mundo girava em torno das revistas em quadrinhos, as quais comprava, emprestava e trocava. Andava quilômetros com pilhas de revistas debaixo do braço para trocar com outros colecionadores, numa época em que eles eram abundantes por aí. Hoje, os colecionadores de quadrinhos (pelo menos em minha cidade) são mais extintos do que o mico leão dourado. Uma pena.

Mas, enfim, ainda tenho aí algumas centenas de exemplares. Li (e tenho) algumas das melhores produções já feitas nos quadrinhos: Watchmen, O Cavaleiro das Trevas, Crise nas Infinitas Terras, Marvels, O Reino do Amanhã, A Queda do Morcego, A Morte do Superman, A Saga de Fênix, A Última Caçada de Kraven, O Contrato de Judas etc. Gosto muito dos heróis da Marvel, da DC, além de alguns da Dark Horse, Image (sério?) e de outras editoras menores.

Agora, uma coisa que eu acho um saco no mercado dos quadrinhos, é essa coisa de criarem sagas como a atual Final Crisis, que está saindo nos EUA. É que essa porra aí, desenvolvida por algum Rob Liefeld da vida, faz uso daqueles marketings ridículos de matar um herói famoso, propagandeando em cima disso, para atrair os nerds de plantão e também repercutir na mídia. Pois é. E eis que o personagem que resolveram matar, dessa vez, foi o Batman. Tá lá: na edição 6 de Final Crisis, ele enfrenta o Darkseid (ora, o Batman enfrentando o Darkseid. Isso é trabalho pro Super-Homem). Eis que o cara de pedra libera os seus raios ômega e mata o morcegão. Só que antes disso, o herói dispara uma bala radiotiva e também fode com a vida do Darkseid.

É claro. A consequência disso nos quadrinhos será toda uma dramatização em cima disso, os heróis ressaltando a importância do Batman e deve iniciar uma nova saga para ver quem o substituirá. Só que, preparem-se, quando menos se esperar vai surgir uma outra saga para contar da ressurreição do morcego. E não duvido que não venha a estar relacionado com o Rhas Al Ghul e o seu poço de Lázarus.

Que Bruce Waine vai voltar, disso não tenho dúvida. Basta ver outros heróis que morreram e voltaram: Flash, Supermoça, Lanterna Verde, Robin, Superman etc e etc...

Um comentário:

Tainã Steinmetz disse...

Mais do que matar, eles adoram ressussitar os super-heróis.