terça-feira, 26 de janeiro de 2010

5 perguntas para: João Pedro Peruffo

Nova sessão do blog. Entrevistas curtas e objetivas com pessoas que gosto, respeito e admiro e que fazem um trabalho exemplar. Tenho a satisfação de começar com meu amigo João Pedro Peruffo, que trabalha como técnico da Agência do IBGE de Santiago. Mas aos finais de semana, ao invés de levantar os pés no sofá e tomar uma cerveja, ele vai para as sangas retirar todo tipo de lixo que os mal-educados jogam por aí e que poluem os rios e destroem com a vida dos peixes. Ele é o presidente da Ong Nascentes. Pode ser que Peruffo não consiga mudar o mundo, mas ele bem que tenta. Saiba mais.

1- Qual o objetivo da Ong Nascentes?
A retirada de lixo dos rios e nascentes de nossa cidade, despoluição da água, desassoreamento dos leitos, recuperação da mata ciliar, repovoamento de peixes e preservação das nascentes e sangas.

2- Quantas pessoas participam?
Somos em torno de 15 integrantes voluntários, das mais diversas profissões. Além disso, temos o apoio do Exército, da Prefeitura de Santiago, da Patrulha Ambiental, Conselho Municipal de Proteção ao Meio Ambiente. E de empresas como o Grupo Batista, a Nicola, Centro Empresarial. Nosso trabalho acontece todos os sábados à tarde e durante o verão, também às terças e quintas após às 18:00 horas.

3- Há quanto tempo a Ong Nascentes está em atividade e quanto de lixo já tirou dos rios?
Estamos em atividade há quatro anos. Nesse período retiramos mais de duzentas toneladas de lixo das nascentes de Santiago.

4- Que sensação tu tens ao chegar numa nascente e vê-la cheia de lixo?
A gente fica com uma sensação de tristeza, decepção, pois se depara com a falta de consideração das pessoas em relação ao meio ambiente. Mas a gente trabalha firme com o propósito de ajudar. E depois do trabalho feito, o lixo retirado, a gente vê aquela limpeza e nos sentimos felizes. Mas é um trabalho que não para.

5- Já teve vontade de parar e o que te motiva a seguir?
Nunca tive vontade de parar. Enquanto puder, vamos continuar trabalhando nesse objetivo, esperando que os outros também façam a sua parte. Meu sonho é de que, um dia, as sangas onde eu tomava banho e pescava quando criança possam ser aproveitadas por meus filhos ou netos.


Confira fotos de uma sanga obstruída de tanto lixo, antes e depois do trabalho da Ong Nascentes:

Sanga próximo da viação Centro Oeste, na BR 287. Lixo obstruia a galeria.

Integrantes da Ong Nascentes começam a trabalhar...

Voluntários trabalharam durante vários dias para tirar todo o entulho.

O resultado final, depois de muito trabalho...nem parece o mesmo lugar.

Nenhum comentário: