sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Os vencedores do 13º Santiago Encena

Encerrou nesta quinta-feira mais um Santiago Encena, festival de teatro amador, em sua 13ª edição. Realizado no GSSGS o evento foi um grande sucesso, registrando excelento público durante os quatro dias. A cerimônia de premiação consagrou o talento de grupos de Santiago e região, sendo que o grande vencedor da noite, na disputada categoria de Melhor Espetáculo foi a peça "Novas Diretrizes para um Tempo de Paz", encenada pelo grupo Nóis Gurizada, de Uruguaiana e dirigida por Paulo Resendes, que também venceu como Melhor Diretor e Melhor Ator Coadjuvante. O 2º lugar na categoria de Melhor Espetáculo foi para Irritação, do grupoDom de Semblantes, de Santiago, sob a direção de Ângela Genro, que também levou o prêmio de Melhor Atriz e Melhor Cenografia.

Demais prêmios na categoria Adulto: Melhor Ator- Rafael Brites; Melhor Sonoplastia- Paulo Resendes na peça Triad, do grupo Quem vem pra cena, de Itaqui; Melhor Figurino: Grupo Tio Pedro, de São Francisco, com a peça "Uma Vendedora de Recursos". Melhor Atriz Coadjuvante: Bruna Guedes. Prêmio especial do júri: Lohana Maidana, pelo espetáculo "Laysa Taylor, a história de uma Diva", da Academia de Artes Cênicas Valentina, que também conquistou o prêmio de Melhor Maquiagem.


Categoria Infantil
Os grupos de Santiago tiveram grande destaque na Categoria Infantil. A peça "O Galo Tião e a Dinda Raposa", do Teatro Artemágika levou o prêmio de Melhor Espetáculo. Do elenco, foram premiados também Dilnei Chagas, como Melhor Ator; Adriana Machado, Melhor Atriz. A peça, dirigida por Renato Polga, também conquistou os prêmios de Melhor Figurino e Melhor Maquiagem.
O2º lugar nesta categoria foi para "A Bruxinha que era Boa", do grupo Fazendo Cena, que também rendeu os prêmios de Melhor Diretor e Melhor Ator Coadjuvante para Divaldo Souza (foto). A jovem Estefânia Martins levou o prêmio de Atriz Coadjuvante e Terezinha Canterle o prêmio de Melhor Cenografia.

A Melhor Iluminação foi para Eder Freu, do Grupo Tio Pedro, de São Francisco de Assis, pela peça João e Maria, premiada também com a Melhor Sonoplastia. A comissão julgadora do 13º Santiago Encena foi formada por Nara Maia, Valéria Minuzzi e Angélica Ertel. Na noite de encerramento, houve show com Júlio Saldanha. O Santiago Encena foi coordenado pelo Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, tendo o apoio de empresas locais.
-----
Update: Liguei há para o meu amigaço Divaldo Souza para cumprimentá-lo por sua conquista como Melhor Diretor e Melhor Ator Coadjuvante, além dos outros prêmios que sua peça levou. Em Santiago, o Divaldo hoje tem uma importância muito grande, pois trabalha pelo amor à camiseta e à arte com teatro na escola Thomás Fortes, mantendo viva as artes cênicas no meio estudantil e formando público. Parabéns, Frugufinha!

Nenhum comentário: