quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Oracy Dornelles: foi só o susto


O escritor Oracy Dornelles está internado no Hospital de Caridade desde última quinta-feira, quando se sentiu mal e foi levado pelo Chico Gorski até a instituição. Na tarde desta quarta-feira, fui visitá-lo e conversamos um pouco. Primeira coisa: ele queria saber como tinha sido a ExpoSantiago, pois tinha ouvido falar que estava ruim. Eu confirmei que tava mesmo!

O Oracy me contou que, em princípio, ele não queria ficar internado porque precisava cuidar de seus cachorros. E, na verdade, em 80 anos de vida ele nunca tinha se internado por causa de nada. A insistência dos médicos e também dos amigos acabou convencendo-o (muito a contragosto).

Assim, ligou para o seu filho, Ramatís, que veio de São Borja e está lhe dando assistência. O Oracy me contou que fez uma série de exames e aproveitou para fotografar cada momento. Inclusive quando estava fazendo um eletrocardiograma, cheio de fios em volta do corpo. “Eu fiquei parecendo o Frankstein”, me contou, demonstrando que o seu humor estava intacto. Também me disse que vários amigos estiveram visitando-o, como o dr. Arlindo Disconzi, a professora Rosane Vontobel e o jornalista Júlio Prates.

Segundo os médicos, Oracy teve uma ameaça de infarto, mas já está bem e vendendo saúde. Ele conta que foi muito bem atendido pela equipe do HCS. E gostou, especialmente, de passear de cadeira de rodas pelos corredores. “Não queria sentar na cadeira. Mas depois gostei. Foi um espetáculo ser levado de um lado para o outro”, diverte-se. Mesmo internado, o Oracy não parou de escrever. Ao lado de sua cama, ele mantém lápis, caneta, borracha e blocos de papel para compor suas poesias. Lá por janeiro ou fevereiro de 2010, ele pretende lançar seu novo livro. Enquanto estive por ali, ele compôs um “epitáfio” em homenagem à sua estada no Hospital de Caridade:

Me senti um pouquinho mal:
baixei assus relutante!
...mas o charme do Hospital
foi a cadeira rolante.

2 comentários:

Weimar Donini disse...

Pô, vamos cuidar do homem... nossa lenda-viva.
Em 26/05/2010 (com muiiito atraso).

Anônimo disse...

Weimar Donini
onde tu anda rapaz????
nunca mais tive notícia de ti!!!

neltair abreu (vulgo "santiago")