quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A genialidade dos Engenheiros do Havaii


Nos últimos dias tenho me dedicado a ouvir as músicas da banda gaúcha Engenheiros do Havaii. Surgida na metade dos anos 80, a banda teve uma fase inicial muito criativa. Realmente as ideias propagadas pela banda em seus primeiros discos eram geniais. A banda resistiu ao tempo, mas o seu vigor diminuiu sensívelmente.

Hoje, nem mesmo o vocalista Humberto Gessinger é capaz de superar as ideias maravilhosas que ele próprio incendiou e inspirou a toda uma geração. Porém, nada melhor do que ouvir as clássicas canções da banda para reconhecer que a Engenheiros do Havaii merece ter um lugar especial no MP3 ou I-Pod de qualquer um que goste do rock gaúcho, brasileiro e universal. Ouça o que eu digo.

Dúvida da genialidade do Engenheiros? Dê só uma lida nos seguintes fragmentos tirados de algumas das melhores canções da banda:


"Desate o nó que te prendeu a uma pessoa que nunca te mereceu. Desate o nó que nos uniu..."

"E o fascismo é fascinante deixa a gente ignorante e fascinada".

"Mas que pampa é essa que eu recebo agora com a missão de cultivar raízes. Se dessa pampa que me fala a história não me deixaram nem sequer matizes?"

"Pra ser sincero, não espero que você minta! Não se sinta capaz de enganar. Quem não engana a si mesmo..."

"O teu maior defeito talvez seja a perfeição. Tuas virtudes talvez não tenham solução..."

"Quem duvida da vida tem culpa. Quem evita a dúvida também tem..."

"Um dia me disseram quem eram os donos da situação. Sem querer eles me deram as chaves que abrem essa prisão..."

"Minha vida é tão confusa quanto a América Central. Por isso não me acuse de ser irracional..."

"Nos interessa o que não foi impresso e continua sendo escrito à mão. Escrito à luz de velas quase na escuridão, longe da multidão..."

"Nessa terra de gigantes que trocam vidas por diamantes, a juventude é uma banda numa propaganda de refrigerantes..."

"Em livros de histórias seremos a memória dos dias que virãoSe é que eles virão..."

Nenhum comentário: