quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Orgulho demais

E o Rio Grande do Sul vive a sua Semana Farroupilha. E os peões e as prendas lotam os CTG's pilchados como se convencionou há muito tempo. E neste período é muito comum de se ver alguém dizer que tem orgulho de ser gaúcho. É normal isso acontecer. Assim como é normal alguém dizer que tem orgulho de ser brasileiro. Ou de ser gremista, ou colorado, ou corintiano. Há quem tenha orgulho de comprar um carro novo. Quem tem orgulho de ser bonito ou elegante, ou inteligente. Ou quem tenha orgulho de ser dono de muitas propriedades. Ou orgulho de seu talento. Ou orgulho de seu esforço. Ou orgulho de seu carisma. Ou orgulho de ter um poodle. Há também quem declare solenemente que tem orgulho em ser humilde. Ou orgulho de ser orgulhoso.

A gente tem orgulho demais. E humildade de menos...

2 comentários:

Nivia Andres disse...

É isso mesmo, Márcio. Acontece que é bem fácil ser orgulhoso. E muito difícil ser humilde, reconhecer que não somos os melhores, nem os mais bonitos ou os mais inteligentes. Mais difícil ainda é perceber que existe beleza na simplicidade. Tal competência poucos, bem poucos, adquirem.

Nivia Andres disse...

Ah! Esqueci de mencionar...Para perceber a beleza que há na simplicidade, é preciso ter visão de profundidade.