sábado, 20 de junho de 2009

Recolher ou não recolher?

Outro dia, o jornalista João Lemes levantou um assunto na coluna dele e que merece ser debatido: é a questão do toque de recolher. O tema foi levantado depois que um vereador de São Miguel das Missões apresentou um projeto com o propósito de tirar os jovens das ruas a partir das 22h. No Rio Grande do Sul, a cidade de Quaraí já trabalha com isso e, em dois anos, se verificou a redução de 90% de casos de ocorrência envolvendo menores. Vejamos, quem é jovem não gostaria de ter a sua liberdade, digamos, tolhida a partir das 22h e é certo que cairia mais do que pela metade a clientela de postos e bares noturnos. E é certo que haveria alguém a dizer que "querem acabar com a noite santiaguense".

Na boa, é muito melhor que exista um toque de recolher que "acabe" com a noite santiaguense, do que a violência escancarada acabando com vidas de santiaguenses. É um preço a se pagar e entre a liberdade "restrita" e a vida, não há nem o que discutir.
********
Falando em bares noturnos, quem sai na noite já se deparou com a famosa frase "me apoia com R$ 2, 5 ou 10 reais". É que na saída de tais espaços sempre há alguns desocupados aguardando para pedir dinheiro. É um novo tipo de assalto, aparentemente mais educado. Ao invés de ficarem às escondidas e assaltaram as pessoas, agora a marginália fica por ali, na vista de todos. E pedem pelo "apoio", de forma educada. Só que ai dos que não apoiarem esses desocupados. Sei de amigos que não "apoiaram" esses vagabundos e acabaram levando uma surra. É nisso que está virada a noite santiaguense para quem não sai de carro ou enturmado. E como todos sabem, não há segurança nas saídas das boates.

E outra: basta lembrar dos últimos casos de morte em frente do GSSGS, Círculo Militar e União que aconteceram nos últimos anos. Quem eram as vítimas e quem eram os envolvidos? Menores de idade!!

2 comentários:

Andrey disse...

Olá, tudo bem?

Bem legal teu blog..

visita lah o meu se puder;;;

http://mrlonelyforever.blogspot.com/

Abraços, Andrei

Andrei disse...

Eu sou de santiago também... adoro ler seus contos!! uma vez eu tentei te add nno orkut mas naum consegui e agora achei teu blog..

Adorei mesmo..