segunda-feira, 13 de abril de 2009

O ponto R


Para mim é oficial: não vou mais no Ponto X. Devo dizer que a lancheria é excelente, a comida é muito bem preparada, o ambiente é maravilhoso e até o guardanapo é de qualidade. O maior problema do Ponto X não é nem o Ponto X, é o meu bolso mesmo. Caracoles!! R$ 4,80 por uma Coca dois litros ou R$ 4,00 por uma de 1 litro? R$ 7,00 a porção de batatas? Ou R$ 4,20 para quem gosta de beber cerveja? Nossa senhora da querupita. Não é para o nosso bolso. Se bem que, como comentei com a Tainã, ao nosso redor era mais a burguesia (para os quais os garçons pareciam dar prioridade no atendimento).
Decidimos sair do Ponto X e ir para o Ponto R. Ou melhor, o bom e velho Ricardo Lanches. Lá, não tem 20 garçons. Mas o único que tem, o Marcos, vale por 20 porque nos atende faceiro, dando risada, fazendo piada, tirando uma com a nossa cara, mas sendo super-ágil e prestativo. E a comida não demora para vir. E o que é melhor: é mais barato. A mesma porção de fritas que pagamos R$ 7,00 no Ponto X, pagamos R$ 5,00 no Ricardo. Devo dizer que é oficial: não vou mais no Ponto X. O problema não é o Ponto X. É o meu bolso mesmo.

3 comentários:

Rodrigo disse...

Márcio, vai ver o Center Hall então...que é R$ 30,00 a entrada e R$ 5,00 a Polar em dia de feriadão. Só pq tem feriado e o povo vem pra Santiago visitar as famílias os caras acham que podem fincar a faca. Santiago, a Dubai brasileira.

Márcio Brasil disse...

Tem razão. O preço que cobram pela cerveja no Center Hall é quase o mesmo preço da zona!

Puta que pariu!

melia kindler disse...

Me excluiu da história.. :(