terça-feira, 14 de abril de 2009

Marcas? Não me marcam

O carinha olhou a minha camiseta e gostou. Empolgado, ele quis saber mais.
- Bah, que massa tua camiseta. Qual é a marca?
- Nem sei se tem marca. Mas acho que comprei ou na Renner, em Santa Maria ou na Pompéia, em Santiago. Custou uns 20 pilas.

Ao saber que minha camiseta não tinha griffe e nem pedigree, ele lançou um olhar mais atento. Talvez, tenha até enxergado defeitos que não havia percebido ao primeiro olhar, quando tinha achado "massa" a camiseta. Em seguida, assinalou.

- Ah, não. Eu só uso camiseta de marca. E calça. E tênis. E te digo: as gurias cuidam muito isso...

E aí, vou dizer o que para o sujeito? Que não dou a mínima para marca nenhuma? Que meu desdém por griffes nunca conseguiu ser vencida por moda alguma? Ou talvez eu devesse lhe contar que, quando era criança, as roupas mais legais que eu tinha eram as que ganhava e que tinham pertencido ao filho mais crescido de alguma vizinha? E que essas mesmas roupas depois seriam herdadas por outro amigo menor, como o Chico. Ou que muitas vezes ia para o colégio com o tênis furado? Então, hoje em dia poder comprar qualquer coisa vestível já é o bastante para mim. Com relação a roupa, compro a primeira coisa que eu goste e que se encaixe com o que eu tenha no bolso. Porque acho que, em verdade, a sociedade se preocupa tanto com marcas e conceitos que assume a personalidade daquilo que veste. E aí, vemos jovens assumindo uma estilo Forum, uma postura Levi's, um jeito de ser Iodice (*).

- Então, estou ferrado, né? Ninguém vai olhar para mim...
- Mas se olharem, só não conta o preço que custou tua camiseta.

Disse ele brincando comigo. Só que não era brincadeira.


(*) Agradeço a minha querida amiga Alessandra Souza por ter me informado o nome de algumas marcas de roupas masculinas para esse texto. Nem isso eu sabia...

3 comentários:

Rafael Nemitz disse...

Nossa marca é a nossa personalidade. É a única que deve ser defendida com unhas e dentes.

Pra que grifes, se temos personalidade?!

Anônimo disse...

leia no blog rsurgente sobre a prisão do vereador haroldo de souza.

Juliana Deponti disse...

Márcio
Muito bem colocada a questão de "...vemos jovens assumindo uma estilo Forum, uma postura Levi's, um jeito de ser Iodice...", pois tem gente que acha que simpatia e boa educação vem junto na sacolinha da roupa de marca. Os nossos princípios, a nosa personalidade, os valores vão muito além do preço ou da marca de uma roupa. Lamentável que nem todos percebam isso.
Abraço
Juliana Deponti