terça-feira, 28 de abril de 2009

Chocolate marca diabo

Cheguei por volta de 14h nesta segunda-feira no jornal. Lá, conversamos sobre os últimos acontecimentos em Santiago e o prenúncio da próxima edição. O João distribuiu as pautas para cada um da redação e, em seguida, começamos a traçar algumas mudanças. Por volta das 19h, saí rapidamente até o supermercado para comprar chocolate (sei lá, bateu vontade...), já que iria ficar no jornal até umas 21h30min. Ao chegar na prateleira, noto uma marca diferente e mais barata e 0% gordura trans. Ok, fico pensando nela como uma possibilidade enquanto seguro uma embalagem de Diamante Negro, cujo preço é quase o dobro da outra. Faço uma matemática cretina de que poderia levar dois chocolates daquela marca diabo ao invés de só um Diamante Negro. E adivinha? Comprei a marca diabo, que é metade do preço do outro, mas metade do sabor também. Mas é como dizem meus amigos empulhadores: para aprender, tem que cair!

Nenhum comentário: