sexta-feira, 3 de abril de 2009

Caso Isabella

E recomeçou o circo da Caso Isabella. O Fantástico está anunciando que vai dar cobertura completa sobre o julgamento do casal, reiniciando aquele espetáculo midiático todo, que alimenta a necessidade das pessoas saberem e tripudiarem em cima desgraças alheias, como se aquilo lhes importasse mais do que a novela das oito. Mas até que importa, pelo menos até as câmeras focarem outras desgraças, para as quais as pessoas vão dar mais importância do que os dramas que afligem seus próprios familiares, vizinhos ou amigos. E, claro, eis a oportunidade de todos opinarem sobre esse tipo de assunto, dando suas opiniões, fazendo seus próprios julgamentos etc, exercitando os plenos poderes de liberdade de expressão e de dar suas opiniões tão maravilhosamente importantes e imprescindíveis para o universo e que tanto contribuem.

Essa é a sociedade que temos: aquilo que não importa a ninguém, interessa a todo mundo e aquilo que deveria interessar a todo mundo, não interessa a ninguém como a responsabilidade com o meio ambiente, a educação dos próprios filhos etc, a resolução de problemas sociais. Essa é a sociedade Big Brother em que vivemos, onde sempre existe uma lente focada e uma tela que nos impede de agir.

(E sempre tem um idiota, como eu, que fica escrevendo essas coisas aí...)

Nenhum comentário: