quarta-feira, 18 de março de 2009

Sobre o Big Brother


Não considero que o Big Brother Brasil seja um programa completamente inútil e que em nada contribua com o enriquecimento cultural da sociedade brasileira, colocando-a numa lata de lixo. Até que não. Como defendem alguns, existe aí um aspecto científico e digno de ser estudado no comportamento que é despertado pelo Big Brother. Só acho que o foco das observações está errado. Ao invés de tentarmos desvendar a psicologia de celebridades ocas (as gostosas e os marombados dentro da casa global) é preciso analisar, sim, as reações de quem está sentado em frente da TV.

Nenhum comentário: