quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Obrigado

Os leitores que acompanham esse blog há algum tempo, sabem que ele é recheado de elogios endereçados a tantos amigos, mas realmente bem pouco habitado por autoelogios. Em sendo assim, peço licença e escusas se o que vier a dizer soar como um autoelogio, mas não pude deixar de me sentir feliz com algumas manifestações a mim tão gentilmente oferecidas por tantos amigos no início desta semana. Começou que ainda na madrugada de segunda-feira, o jornalista Júlio Prates fez uma referência a um texto meu em seu blog, intitulado 10 Segundos. Na segunda, dois comentários, um da Erilaine Perez e outro do Froilam Oliveira foram acalentadores. Também o Luis Felipe Tusi me enviou um e-mail trocando algumas ideias, sendo ele um excelente crônista de muita perspicácia. Na terça-feira pela manhã, um megaelogio no blog do amigo Ruy Gessinger que jogou na estratosfera. Ainda na terça-feira, a tarde, recebi um telefonema da Mônica Leal, secretária de Cultura do Estado, também desejando sucesso após ter lido o referido texto, recomendado no blog do Ruy (que é superacessado em Porto Alegre). Para culminar, no finalzinho da noite, minha querida colega Patrícia também teceu suas considerações, assim como também o fez a amiga Carla Albuquerque. Gente, obrigado por tão espontâneas manifestações que muito me enchem de orgulho por saber que os textos que produzi tiveram tão honrosa participação de vocês como leitores, preenchendo as lacunas das palavras com a força da imaginação. Valeu mesmo. Foi um maravilhoso incentivo para eu tentar levar adiante a ideia de lançar um livro, projeto este que anda estancado. É que, como já plantei árvores, só vai ficar me faltando ter um filho. EHehEHeh. Brincadeira boba...

Nenhum comentário: