sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Dormir, dormir. Talvez sonhar...


A sexta-feira dos sonhos. Depois de tanto trabalhar nos últimos dias, ganhei uma sexta-feira para ficar de papo pro ar. Nesse momento, por exemplo, estou deitado em minha cama com o notebook no colo, ouvindo um monte de música de todos os gêneros e aproveitando para ver se concluo meu conto, que já está beirando as 50 páginas e, logo, deixando de ser um conto para se tornar um romance. Não era essa a intenção. Mas a medida que fui escrevendo, a história foi se transformando e aí, veja só, sem querer acabei escrevendo um livro. Ontem eu comentava com meu amigo Alessandro Reiffer sobre isso. Pretendia lançar um livro de contos e crônicas esse ano, com algumas coisas que publiquei em minha coluna no Expresso, mas estou gostando desse material que está surgindo agora e, acho que dá para publicar algo inédito. Vamos ver o que acontece.
-----
Hoje pela manhã, acordei com meu pai ouvindo Santiago Atualidades do Paulo Pinheiro, na Rádio Santiago. O Juliano Nascimento estava entrevistando o vereador Bianchini, o novo presidente da Câmara. Fiquei muito feliz em vê-lo comentar que pretende estruturar um auditório multicultural no prédio da Câmara de Vereadores, como eu sugeri nesse blog por diversas vezes, desde o ano passado. Quando era chefe de gabinete da Câmara, eu lancei essa idéia e ainda indiquei para que o local levasse o nome de Caio Fernando Abreu. Inclusive a secretária de Cultura Mônica Leal se manifestou favorável a essa idéia.
-----
Aliás, não tenho a pretenção de mudar o mundo, mas fico satisfeito com esse blog. Pelo menos dois pleitos feitos aqui tiveram eco no meio político. Esse, da construção do auditório, que terá o empenho do vereador Bianchini, que é um político que muito admiro e tenho a convicção de que ele fará um bom trabalho à frente do Parlamento. Outro pleito feito aqui e que teve o respaldo, foi pela recuperação da praça Moysés Viana. Acho que qualquer meio de comunicação, blog, rádio ou jornal, justamente por sua possibilidade de falar à muitos deve ser usado assim mesmo, objetivando benefícios coletivos, ao invés de breves conquistas individuais.
------
Falando em blog, ontem eu conversa com o seu Olavo Sobrosa, antes da posse dos secretários municipais na prefeitura e ele me falava de sua admiração por Júlio Ruivo e revelou o seu descontentamente com aquela fofocagem ocorrida no final da campanha política. Em seguida, ele comentou que gostou muito do que "alguém" lá do Expresso tinha escrito, criticando uma ação politiqueira de um delegado que legitimou um monte de boatos infundados e que teve a coragem de desmentir tudo e criticar o delegado. O seu Olavo dizia que o tal blogueiro tinha sido muito corajoso e que ouvira que o mesmo estaria processando-o, numa demonstração de fraqueza de espírito maior ainda do que a que teve quando ajudou a propagar os boatos. E que se o Governo fosse sério, teria tomado atitudes e transferido tal autoridade daqui.
Não me aguentei em ouvir o seu Olavo dizer tudo aquilo e revelei que aquilo que ele leu tinha sido escrito por mim, em meu blog. Em seguida, ele estendeu a mão e disse: "então, eu quero te parabenizar". Legal isso, né? Muitas vezes eu falo algumas bobagens nesse blog, mas ele também serviu, de alguma forma, para ajudar a mudar alguma coisa. Meu blog não é tão inútil assim, como pensava.
----
Bom, agora vou ver se consigo dormir um pouco. Talvez sonhar.

Um comentário:

Tainã Steinmetz disse...

Eu não tinha percebido... mas como tu tá lindo nessa foto *-*