sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Gosto musical define personalidade

Os fãs da música clássica e do jazz são criativos, os amantes do pop são pessoas que trabalham duro, e, apesar dos estereótipos, os ouvintes de heavy metal são tipos criativos gentis que sentem-se em paz consigo mesmos.
É o que afirma o professor Adrian North, da universidade escocesa Heriot-Watt, que estuda os vínculos entre as personalidades das pessoas e o tipo de música que gostam de ouvir.
"As pessoas frequentemente definem seu senso de identidade por seu gosto musical, as roupas que vestem, pelo fato de frequentar determinados pubs e usar certos tipos de gíria", disse ele.
"Assim, não surpreende que a personalidade também guarde relação com os gostos musicais."
Em um estudo que, segundo North, é o maior já realizado sobre a personalidade e as preferências musicais de indivíduos, pesquisadores pediram a 36.518 pessoas de todo o mundo que classificassem suas preferências entre 104 estilos musicais, antes de fazer um teste de personalidade.
"Pesquisadores demonstram há décadas que os fãs do rock e do rap são rebeldes e que os amantes da ópera são pessoas ricas e bem instruídas", disse North.
"Mas esta é a primeira vez que uma pesquisa comprova vínculos entre tipos de personalidade e uma gama grande de estilos musicais."
Pena que a pesquisa não foi feita no Brasil. Seria ótimo de descobrir o nível mental de quem ouve Calcinha Preta, Calipso e outras bicheiras.

Nenhum comentário: