segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Eu sou Màrccyu Brasçzyll



Segundo o meu amigo, o poeta Oracy Dornelles, eu agora me chamo Màrccyu Brasçzyll e sou um amiygho douttra gallákqcia. Foi dessa forma que ele se referiu a mim em seu novo livro, Páginas Impossíveis, que foi lançado há poucos dias. O livro traz 65 crônicas históricas de Santiago, 05 poemas morfológicos e várias fotografias antigas. Uma preciosidade, que está à venda nas livrarias da cidade (são tantas...) ao valor de R$ 10 ou diretamente com o autor. O livro é um colosso e merece ser apreciado entre goles de chimarrão com biscoito mignon. A obra está dedicada a mim e a outros amigos do genial e multifacetado Oracy como Hyrahnm Kqammargoo, Klòwiz Bhrüm, Çalletti Rhiellonm; Pharnçisko Ghoriçký, Roszzanny Wönttobell, Rammattíz Ammounm, Nepherttítty, Ckqarllah, Hìszyçsz, Hamna Pawlla Çamgòy, Joao Lemmiçsz, Djuliho Prastç, Phroyllanm dh Holyvweirah e Fphàtthyinma Phfryeeièdcezvvskquýi. Conseguiu decifrar quem são essas pessoas?
(A foto acima foi feita por mim. É o Houwarassçcí Dhornnéllliyçsz pesquisando na biblioteca da URI, onde ele trabalha)

Nenhum comentário: