sábado, 16 de fevereiro de 2008

Tropa de Elite é o Melhor Filme do Festival de Cinema de Berlim


Uma boa notícia para o cinema nacional. O filme "Tropa de Elite", de José Padilha, um dos maiores fenômenos dos últimos tempos, consagrou-se como o Melhor Filme da 58ª edição do Festival de Cinema de Berlim, na Alemanha, conquistando o cobiçado Urso de Ouro, desbancando o filme "Sangue Negro", entre outros, favorito para levar o Oscar no próximo dia 24. O jornal Zero Hora, entre outros, chegou a publicar que o filme de Padilha era o azarão, ou seja, não levaria o prêmio de jeito nenhum, manifestando a opinião de boa parte da mídia, que malhou o filme. Aliás, a mídia se dividiu: uns adoram e outros odiaram o filme brasileiros.

Mas a premiação está aí, num dos maiores e mais importantes eventos do cinema do mundo, e consagra o nosso cinema nacional. De minha parte, devo dizer que tenho assistido atentamente algumas produções brasileiras e que "Tropa de Elite", me surpreendeu por seu tom documental, a atuação de Wagner Moura e especialmente o roteiro forte, que não faz concessões à classe média e a corrupção na polícia. Outros filmes nacionais que me surpreenderam nos últimos anos: "Abril Despedaçado", "Dois Filhos de Francisco", "Cidade de Deus" e "O Cheiro do Ralo".

Nenhum comentário: