domingo, 18 de novembro de 2007

A noite se iluminou para "Os Melhores do Ano" em Jaguari

Na noite mais escura do ano, em toda a região, somente os "Melhores do Ano" brilharam. Por volta das 18h do sábado, o gerente da AES Sul de Santiago, o Elielton, deu uma perspectiva nada agradável de que a energia elétrica só retornaria no domingo por volta de 11h. O motivo, segundo ele, teria sido a queda de alguma torres de energia, próximo a São Vicente do Sul. Desta forma Santiago, Jaguari, Nova Esperança do Sul, Capão do Cipó, Unistalda, São Francisco e Manoel Viana estavam totalmente às escuras. Se para um consumidor isso já um grande problema, imagine para um evento que estava previsto para acontecer no Clube União de Jaguari, agendado há vários meses: "Os Melhores do Ano". Liguei para o João e avisei sobre a perspectiva do Elielton e disse que estaríamos indo para a Câmara de Vereadores, caso ele quisesse conversar com o gerente da AES Sul. O presidente da Câmara, Diniz Cogo, iria pegar o gerente em casa e levá-lo até o Legislativo, onde dispunhamos dos telefones dos prefeitos e autoridades da região. O Elielton mora na rua Rogério Francisco da Rosa e estava impossibilidade de sair de casa com seu automóvel, em função do portão eletrônico não estar funcionando. Liguei para a Bruna, minha colega de trabalho e pedi para que nos encontrasse na Câmara, já que é ela quem dispõe dos contatos todos e até para ajudar a agilizar as coisas. Em seguida estávamos todos lá. Em seguida, chegou o João. A primeira coisa que ele perguntou, a pedido da Sandra Siqueira, era da possibilidade de se conseguir um gerador de energia para posssibilitar que o evento em Jaguari acontecesse normalmente.Não só a AES Sul não dispunha desse equipamento como em Santiago não havia um gerador disponível.
Realista, meu amigo João já trabalhava com a possibilidade de ter de adiar o evento. Seria um grande problema, mas a princípio, era o mais sensato a se fazer. Porém, logo que a Sandra chegou, ela não aceitava esse quadro e só tinha certeza de uma coisa: algo deveria ser feito, devia ter alguma forma de conseguir energizar o clube. Em seguida, foi lembrado de um gerador que a Prefeitura de Jaguari possuia. Logo, o João entrou em contato com o prefeito Ivo Patias para ver se seria possível utilizá-lo no Clube União Jaguariense. O prefeito ficou de ver com um eletrecista se a ligação daria certo. Sandra estava preocupada com as centenas de pessoas que se deslocariam de sua cidade, de suas casas e que estavam impossibilitadas de serem avisadas caso o gerador não desse certo. Não havia rádio, não havia como avisar a todos. Em alguns minutos, o prefeito Ivo acenou positivamente. O evento poderia acontecer tranquilamente, pois o Clube União de Jaguari estava energizado pelo gerador. Em questão de pouco tempo, todos estávamos nos deslocando para Jaguari, onde a festa "Melhores do Ano", aconteceu normalmente e com o mesmo brilho de sempre. Na verdade, com um brilho maior.
O jornal Expresso Ilustrado mais uma vez vencia as adversidades e saía vitorioso. Na noite mais escura do ano, em Jaguari, só "Os Melhores do Ano" brilharam. Deu tudo certo e durante a abertura do evento, uma emocionada Sandra Siqueira fez questão de agradecer ao prefeito Ivo por seu empenho e, em função disso, ele foi a pessoa mais aplaudida da noite. Foi uma noite, como sempre, agradável, com um cardápio sempre especial do Tarso e da Suzana, a receptividade do Clube União. Pude rever alguns amigos como o Hélio Fontana, a Jocelaine e a Helionora, além de figuras como o Arno Varlei, o professor Donaldel, o Luciano Gastaldo, o professor Eugênio, a Kátia e o Juca, entre outros. E, claro, contar com a companhia da Patrícia e do Gustavo e do incansável amigo Mira, um dos melhores eletrecistas da região, que ficou de plantão lá na festa para o que precisasse.

Deixa eu ver o que mais: ah, eu ainda não tinha visto o clip em que o João, a Sandra e a Suzana falam do jornal. Foi a primeira vez em que vi e apesar de conhecer toda a história do jornal, confesso que me arrepiei com o clip. Não tem como não se envolver no que está sendo dito, a respeito do Expresso: "Imagine um jornal que traz para você tudo o que acontece no mundo, como queda de aviões, furacões, quebra da bolsa, política internacional etc"..."agora esqueça tudo isso e imagine um jornal que mostra a sua cidade, o seu bairro, o seu vizinho, o seu vereador, o seu prefeito. Um jornal que fale da sua história. Esse é o jornal que você quer. Esse é o Expresso Ilustrado". Fantástico o clip. E, sem dúvida, o mesmo sentimento que tive de maior respeito e admiração após assistí-lo, todos os presentes também o tiveram, visto que a exibição foi efusivamente aplaudida.

Um comentário:

Tainã disse...

Bah... tu me falou que eu ia poder né... valeu...